terça-feira, 29 de novembro de 2011

Me sentindo mulher...

Trouxe-me seu sorriso ao invés de flores... e tuas mãos ao invés de frases previamente elaboradas... e um olhar sincero no lugar de promessas... Não gosto de promessas... Me trouxe verdades e ganhou minha confiança... Você me ganhou porque fez tudo isso sem que eu precisasse pedir... E não vou pedir nada... Só quero desfrutar de cada momento que passo com você... Me sentindo mulher, transpirando paixão, respirando desejo... Sendo livre... E tenho a sensação de que posso fazer tudo o que quero se estou perto de você... “Que não seja imortal, posto que é chama/mas que seja infinito enquanto dure”... Sábio Vinícius de Moraes.


Segredated Water Fountais (1950) - por Elliot Erwitt


Fotografia que registra com clareza como era a segregação racial na Carolina do Nortens in North Carolina taken by Elliott Erwitt, à esquerda o bebedouro para brancos, à direita para os chamados “colored”.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Dio Come Ti Amo (Domenico Modugno)


Nel cielo passano le nuvole
Che vanno verso il mare
Sembrano fazzoletti bianchi
Che salutano il nostro amore.
Dio come ti amo non é possibile
Avere fra le braccia tanta felicitá
Baciare le tue labbra che adorano di vento
Noi due innamorati come nessuno al mondo.
Dio come ti amo mi vien da piangere
In tutta la mia vita non ho provato mai
Un bene così caro, un bene così vero
Chi può fermare il fiume che corre verso il mare
Le rondine nel cielo che vanno verso il sole
Che può cambiare l'amore mio per te.
Dio come ti amo
Dio come ti amo.

domingo, 27 de novembro de 2011

“A vida é feita de momentos”



“A vida é feita de momentos”. Meio clichê essa frase, mas é a verdade. Um pouco de alegria ali, um pouco aqui...  Se você fica enfatizando as coisas rins que acontecem, não dá espaço para sentir o prazer que as coisas boas te oferecem... O barulho do mar no caminho do trabalho, uma pessoa que você não via há muito tempo e te reconhece, um abraço apertado na sua mãe quando você volta pra casa, o sorriso puro de uma criança, o telefonema de alguém especial... Isso pode te fazer ganhar o dia! Aproveite!

"Façam com o coração!"


O cantor Matteo Macchioni, eu (Kássia Luana), e a cantora Jenny D. (foto: Vera Águia)

Esta semana vivi uma experiência fantástica. Entrevistei dois cantores jovens, que nasceram com um talento estupendo e o aprimoram desde criança com muito estudo e dedicação.  A humildade e carisma de ambos, também me impressionou. Quando eu perguntava para eles sobre o prazer do trabalho, sobre o que eles diriam para os jovens que querem iniciar na carreira, ambos disseram: “façam com o coração”! Fiquei pensando naquela frase o tempo todo. Isso não vale apenas para a música. Mas para tudo o que você for fazer! Se você quer ser valorizado, coloque o seu coração. No trabalho, na família, com seus amigos, na sua vida social em geral... Se você quer atingir objetivo concreto, dediquem-se de coração e você vai conseguir. Eu sei disso. Escolhi a comunicação por amor, paixão... e me dedico todos os dias a ela: estudar, ler, pesquisar, conhecer... sempre dando o melhor de mim e tendo certeza de que os resultados virão. Fica a dica. 

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Eu desejo...



Todos nós merecemos sempre o melhor. Aproveitem! Não percam mais tempo com coisas pequenas. Ficando triste por coisas que passam e que você sabe que passa. Aproveite a vida para ser feliz. Ouvir boa música, amar e amar sempre. Trabalhar com o que você gosta, ganhando pouco ou ganhando muito. Mas sempre buscando ser feliz. Sofra, por que é impossível impedir certos sofrimentos. Mas chore tudo que pode e depois comece tudo de novo, tirando das bobagens que faz (ou que fizeram) um aprendizado. Ninguém é perfeito. Não esqueça nunca que você é especial. Que tem sempre, sempre alguém que pensa em você, que deseja você, que quer o seu bem. Eu desejo tudo de bom para você. Siga seu coração. Mas sem passar por cima dos outros. E nunca desista dos seus sonhos. Esta é a maior bobagem que você pode fazer. 

sábado, 19 de novembro de 2011

Desaprendi a jogar...


Descobri que não sei mais jogar. Não sei mais fingir que não estou interessada quando quero estar nos braços de alguém. Não sei mais esperar uma ligação, quando tenho vontade de ligar só pra ouvir a voz. Não consigo esperar para dizer o quando gosto, o quanto estou apaixonada, só para satisfazer meu ego esperando que a pessoa me ligue primeiro. Não consigo fazer meus olhos mentirem. Não consigo fazer meu corpo mentir.
Quem se apaixona vive em dilemas, dúvidas insuportáveis. E poucas coisas são piores do que viver na dúvida e na incerteza. E não existe remédio para isso a não ser a sinceridade da outra pessoa. Por isso sou sempre sincera comigo e com os outros. E vivo correndo mais riscos que os outros de sofrer... Tomar a iniciativa nas coisas também pode ser mal interpretado. Mas e prefiro pecar por excesso do que por falta.
Cansei de ouvir as pessoas se queixando de que “amou demais, se entregou demais”... Nada é demais quando estamos apaixonados. O fato do outro não saber lidar com a sua paixão, o seu carinho, as suas demonstrações de afeto através de cuidado e até de ciúmes, nem sempre quer dizer que você esteja errando. Não tenha medo de ser sincera com seus sentimentos. Mas nunca espere do outro que ele faça o mesmo.
Todos nós temos nossas histórias, passado... e foram essas coisas que nos transformaram no que somos hoje. O outro não passou por tudo junto com você e também tem seu passado e sua história. Se não quer jogar, não jogue. Mas se lembre sempre dos riscos. E esteja cada dia mais preparada para as conseqüências.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A Cura


E quando o dia parece perdido de tantos problemas, decepções... À noite me traz a cura. E quando o dia é bom, feliz, à noite a cura me completa. A sua inocência de criança que me rouba sorrisos fáceis. O toque delicado das suas mãos passeando no meu corpo, acariciando cada parte dele como se já fossem velhos conhecidos, íntimos. Sempre cheio de surpresas. A sensibilidade e a virilidade que toda fêmea espera do seu macho durante toda vida... Seus beijos, intercalados com seu toque macio, maduro e ao mesmo tempo de menino. Fazer-me chegar ao êxtase como se tivesse sido treinado a vida inteira para me trazer isso. Seus lábios, seus beijos, seu corpo, seus sussurros, a liberdade que eu sinto perto de você... E depois dormir em seus braços e parecer, ao menos naquelas horas, que estou protegida e que nada nem ninguém pode me atingir naquele tempo. E como tudo na vida se acaba, isso também vai acabar um dia. “Não há mal que nunca acabe ou bem que sempre dure”. O importante é aproveitar cada momento e ter sempre a consciência de que será finito. Não há amanhã nem ontem perto de você. Somente o hoje. 

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

SONETO LXXXVIII


Quando me tratas mau e, desprezado,
Sinto que o meu valor vês com desdém,
Lutando contra mim, fico a teu lado
E, inda perjuro, provo que és um bem.
Conhecendo melhor meus próprios erros,
A te apoiar te ponho a par da história
De ocultas faltas, onde estou enfermo;
Então, ao me perder, tens toda a glória.
Mas lucro também tiro desse ofício:
Curvando sobre ti amor tamanho,
Mal que me faço me traz benefício,
Pois o que ganhas duas vezes ganho.
Assim é o meu amor e a ti o reporto:
Por ti todas as culpas eu suporto.
William Shakespeare

In Assenza Di Te (Laura Pausini)


Io come un albero nudo senza te
senza foglie e radici ormai
abbandonata così
per rinascere mi servi qui
Non c'è una cosa che non ricordi noi
in questa casa perduta ormai
mentre la neve va giù
è quasi Natale e tu non ci sei più
E mi manchi, amore mio
tu mi manchi come quando cerco Dio
e in assenza di te
io ti vorrei per dirti che
tu mi manchi amore mio
il dolore è forte come un lungo addio
e l'assenza di te
è un vuoto dentro me
Perché di noi è rimasta l'anima
ogni piega, ogni pagina
se chiudo gli occhi sei qui
che mi abbracci di nuovo così
E vedo noi stretti dentro noi
legati per non slegarsi mai
in ogni lacrima tu sarai
per non dimenticarti mai
E mi manchi, amore mio
così tanto che ogni giorno muoio anch'io
ho bisogno di te
di averti qui per dirti che
Tu mi manchi, amore mio
il dolore è freddo come un lungo addio
e in assenza di te
il vuoto è dentro me
Tu mi manchi, amore mio
e mi manchi come quando cerco Dio
ho bisogno di te
di averti ancora qui con me
E mi manchi, amore mio
così tanto che vorrei seguirti anch'io
e in assenza di te
il vuoto è dentro me
Grido il bisogno di te
perché non c'è più vita in me
Vivo in assenza di te
in assenza di te

Veja Bem, Meu Bem (Maria Rita)


Veja bem, meu bem
Sinto te informar
Que arranjei alguém
Prá me confortar
Este alguém está
Quando você sai
Eu só posso crer
Pois sem ter você
Nestes braços tais...
Veja bem, amor
Onde está você?
Somos no papel
Mas não no viver
Viajar sem mim
Me deixar assim
Tive que arranjar
Alguém prá passar
Os dias ruins...
Enquanto isso
Navegando eu vou sem paz
Sem ter um porto
Quase morto, sem um cais
E eu nunca vou
Te esquecer, amor
Mas a solidão
Deixa o coração
Neste leva-e-trás...
Veja bem além
Destes fatos vis
Saiba: traições
São bem mais sutis
Se eu te troquei
Não foi por maldade
Amor, veja bem
Arranjei alguém
Chamado saudade
Amor, veja bem
Arranjei alguém
Chamado saudade...

Não Vale A Pena (Maria Rita)


Ficou difícil
Tudo aquilo, nada disso
Sobrou meu velho vício de sonhar
Pular de precipício em precipício
Ossos do ofício
Pagar pra ver o invisível
E depois enxergar
Que é uma pena
Mas você não vale a pena
Não vale uma fisgada dessa dor
Não cabe como rima de um poema
De tão pequeno
Mas vai e vem e envenena
E me condena ao rancor
De repente, cai o nível
E eu me sinto uma imbecil
Repetindo, repetindo, repetindo
Como num disco riscado
O velho texto batido
Dos amantes mal-amados
Dos amores mal-vividos
E o terror de ser deixada
Cutucando, relembrando, reabrindo
A mesma velha ferida
E é pra não ter recaída
Que não me deixo esquecer
Que é uma pena
Mas você não vale a pena

Cansaço - Semana de grandes decisões!


Às vezes me pergunto: vale a pena ser bom? Vale à pena acreditar nas pessoas?  Vale a pena se dedicar, respeitar, abrir o coração? Por que as pessoas que mentem, enganam, traem sempre se saem melhor do que as pessoas que agem com sinceridade? Às vezes dá vontade de desistir do amor e aprender como os homens conseguem entrar e sair da vida das mulheres sem que deixem que as mulheres entrem nas suas. Parece que não têm coração, nem alma, nem sentimentos. Estou lutando contra o fato de ser passional. Eu não sei como fazer isso e se é possível. Porque isso é da minha natureza. Sou passional em tudo na vida. Como mudar 25 anos em poucos dias? É um chamado urgente da minha alma e do meu coração, que anda tão cansado... Não consigo alimentar sentimentos ruins. Quando caio, choro até “secar a alma de toda mágoa” depois começo tudo de novo. Mas eu não quero mais começar de novo e de novo e de novo... Com pessoas diferentes que cometem os mesmos erros. Então começo a acreditar que eu sou a pessoa errada. Que a minha sinceridade, dedicação, amor e respeito, não são importantes. Que não vale a pena investir em relações. Semana de grandes decisões. 

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Coração de uma ariana...



Um coração ariano, aberto, ferido, exposto. Precisando de cuidado, de remédio para as feridas até chegada a cura. Um coração cheio de cicatrizes. O racional seria não querer ajuda ou aceitá-la desde que fosse lentamente. Mas por isso mesmo falei inicialmente que o coração é ariano. Porque o ariano tem pressa.  Ele tem muito amor para dar e quer receber muito também. E precisa estar sempre apaixonado, porque isso lhe da forças.  Proteger e ser protegido para se sentir seguro. Ele grita por isso até perder o fôlego. E às vezes parece que murcha um pouco, mas na verdade ele está se preparando para começar a gritar de novo. Entrando e saindo de relações erradas, cuja previsão de que seriam ruins já existiam desde o começo. Com o fim de cada uma delas, as partes ruins viram lembranças de um passado aparentemente longínquo. E os momentos felizes são lembrados e ele busca outro e outro amor pra viver momentos felizes como aqueles. Bate a cabeça na montanha, bate a cabeça na montanha... até que se abra um buraco na montanha ou na testa.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

O mundo está cheio de covardes



Quando você é passional demais, age com sinceridade. Fecha os olhos do rosto e abre os do coração. Enxerga um rei onde não existe nem mesmo um sapo, quanto mais um príncipe. E às vezes entrega o coração para alguém que não vale a pena. Mas um dia você aprende. Pode demorar, mas um dia você acorda e vê que ninguém merece suas lágrimas, sua tristeza, seu respeito antes de você mesmo. O mundo está cheio de covardes capazes de se aproveitar de pessoas assim. Todos merecem ir a merda. Se valorize. Primeiro lugar você, segundo você, terceiro você. E depois pense em deixar espaço para outra pessoa. Isso se precisar. Porque você pode ter certeza que ninguém está nem aí para os seus sentimentos e príncipes encantados não existem. Outra coisa: se uma pessoa mente uma vez, mente milhares de vezes. E se você perdoa uma vez, vai perdoar outras vezes. Mas a o mentiroso nunca muda. Fica a dica.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Desabafando



O que tem além de belas palavras e olhos bonitos? Se olhar dentro, verá que está tudo vazio, morto, cheio de ressentimentos, tristeza... ou na maioria das vezes pura falta de caráter mesmo. E quem acredita não é vitima, não. Pelo contrário, é a principal culpada. Porque a fórmula é a mesma há centenas de anos.  E o fato de ainda funcionar não quer dizer que seja boa, mas que o outro é menos esperto ou desatento ou carente. Não sou a pessoa mais esperta do mundo, e nem tenho essa pretensão. Mas já passei por muita coisa e não aceito ver conhecidas, amigas, parentes, e até mesmo pessoas que não são do meu convívio, revivendo as mesmas histórias com o mesmo final de merda. Por Deus, antes de confiar, desconfie. Se a pessoa diz a você que está apaixonada em menos de uma semana ou é louca, ou está te sacaneando (o que é o mais provável). Se mesmo sabendo que é mentira você quer arriscar, faça. Aproveite, porque geralmente nesses casos o sexo é ótimo, e cuide para não se envolver. A única pessoa que vai quebrar a cara é você, no caso de se deixar levar.  Lembre-se que as pessoas são capazes de dizer qualquer coisa para conseguir o que querem.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

O prazer de ter você por perto

A carência é como um veneno que destrói auto-estima e a vontade de viver.
Enquanto você finge que vive, vai se alimentando de migalhas dos falsos amores, das atenções dispensadas obrigatoriamente, da pena (um do piores sentimentos que existe), e de tudo que é dispensado a você por quem não tem alternativa.  
Levante a cabeça. Tenha certeza de que você vale muito, muito mais do que imagina. Não espere que outra pessoa venha a suprir este vazio que só você deve ver, que só você pode controlar e deve aprender a lidar.
É difícil, muito difícil enfrentar esse mundo sozinho. Mas ninguém quer estar ao lado de alguém que vive sentindo pena de si mesmo. É triste, é incômodo.  Seja forte, veja onde você está errando e corrija. Não precisa deixar de ser você mesmo. Tenha certeza disso.
Tenha consciência de que ninguém é 100% feliz. Sempre falta alguma coisa. Mas não se vive apenas de tristeza. Se você tem prazer em estar consigo mesmo, os que estão a sua volta certamente também terão e o farão de coração aberto.