terça-feira, 1 de novembro de 2011

O prazer de ter você por perto

A carência é como um veneno que destrói auto-estima e a vontade de viver.
Enquanto você finge que vive, vai se alimentando de migalhas dos falsos amores, das atenções dispensadas obrigatoriamente, da pena (um do piores sentimentos que existe), e de tudo que é dispensado a você por quem não tem alternativa.  
Levante a cabeça. Tenha certeza de que você vale muito, muito mais do que imagina. Não espere que outra pessoa venha a suprir este vazio que só você deve ver, que só você pode controlar e deve aprender a lidar.
É difícil, muito difícil enfrentar esse mundo sozinho. Mas ninguém quer estar ao lado de alguém que vive sentindo pena de si mesmo. É triste, é incômodo.  Seja forte, veja onde você está errando e corrija. Não precisa deixar de ser você mesmo. Tenha certeza disso.
Tenha consciência de que ninguém é 100% feliz. Sempre falta alguma coisa. Mas não se vive apenas de tristeza. Se você tem prazer em estar consigo mesmo, os que estão a sua volta certamente também terão e o farão de coração aberto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário