quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Você Realmente Já Amou Uma Mulher?



Para realmente amar uma mulher, para compreendê-la
Você precisa conhecê-la profundamente por dentro
Ouvir cada pensamento, ver cada sonho
E dar-lhe asas quando ela quiser voar
Então, quando você se achar repousando
Desamparado nos braços dela
Você saberá que realmente ama uma mulher...

Refrão:
Quando você ama uma mulher
Você lhe diz que ela, realmente, é desejada
Quando você ama uma mulher
Você lhe diz que ela é a única
Pois ela precisa de alguém
Para dizer-lhe que vai durar para sempre.
Então diga-me: você realmente, realmente
Realmente já amou uma mulher?

Para realmente amar uma mulher, deixe-a segurar você
Até que você saiba como ela precisa ser tocada
Você precisa respirá-la, realmente saboreá-la
Até que você possa senti-la em seu sangue
E quando você puder ver, seus filhos que ainda não nasceram dentro dos olhos dela
Você saberá que realmente ama uma mulher

Refrão:
Quando você ama uma mulher
Você diz a ela o quanto ela é desejada
Quando você ama uma mulher
Você diz a ela, que ela é a única
Porque ela precisa de alguém
Para dizer a ela, que você irá estar sempre junto
Então me diga, você realmente
Realmente, realmente já amou uma mulher?

Você precisa dar-lhe um pouco de confiança
Segurá-la bem apertado, um pouco de ternura
Precisa tratá-la bem
Ela estará perto de você, cuidando bem de você
Você realmente precisa amar uma mulher. Yeah.

E quando você se achar repousando, desamparado nos braços dela
Você saberá que realmente ama uma mulher.

Refrão:
Quando você ama uma mulher,
Você diz a ela, o que ela realmente queria.
Quando você ama uma mulher,
Você diz a ela, que ela é a única.
Porque ela precisa de alguém
Para dizer a ela, que você irá estar sempre junto.
Então me diga, você realmente
Realmente, realmente já amou uma mulher? Yeah
Somente me diga, você realmente
Realmente, realmente já amou uma mulher?
Oh! Somente me diga, você realmente
Realmente, realmente, já amou uma mulher?

(Tradução Have You Ever Really Loved A Woman? - Bryan Adams)

domingo, 26 de agosto de 2012

Eu avisei!


Talvez eu realmente tenha mudado muito. O coração mais resguardado, a cabeça mais aberta e a língua mais afiada. E aparentemente isso ocorreu bruscamente. Será? Ontem uma amiga (no sentido real da palavra) me disse: “Nada e ninguém te segura!” E não vou deixar mesmo! Com fé em Deus e nos Orixás, honestidade e força de vontade, vou derrubando todos os obstáculos que me atravessarem o caminho. A mocinha vítima morreu no dia em descobriu a mulher poderosa que dormia dentro dela e a deixou respirar. E esta acordou com uma força, uma vontade de viver outrora inimaginável. E como eu disse uma vez: “só os fortes permanecerão nesta fase”.  E só eles continuam comigo! 


sábado, 25 de agosto de 2012

Imune!

Foto by Mario Testino

Os infelizes têm o estranho hábito de querer contaminar nosso sorriso com a sua amargura. A vacina? Felicidade. Ela tem o poder de afastar os falsos amigos e inimigos, além de aproximar quem te quer bem de verdade! Estou imune! 

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Il Regalo Più Grande



Voglio farti un regalo
qualcosa di dolce qualcosa di raro
non un comune regalo
di quelli che hai perso o mai aperto
o lasciato in treno o mai accettato
di quelli che apri e poi piangi
che sei contenta e non fingi
e in questo giorno di metà settembre
ti dedicherò...
il regalo mio più grande
Vorrei donare il tuo sorriso alla luna perché
di notte chi la guarda possa pensare a te
per ricordarti che il mio amore è importante
che non importa ciò che dice la gente perché
tu mi ha protetto con la tua gelosia che anche
che molto stanco il tuo sorriso non andava via

devo partire però se ho nel cuore la tua presenza
è sempre arrivo e mai partenza
il regalo mio più grande...
Vorrei mi facessi un regalo
un sogno inespresso donarmelo adesso
di quelli che non so aprire
di fronte ad altra gente
perché il regalo più grande
è solo nostro per sempre
Vorrei donare il tuo sorriso...
E se arrivasse ora la fine che sia in un burrone
Non per volermi odiare solo per voler volare
e se ti nega tutto questa estrema agonia
e se ti nega anche la vita respira la mia
E stavo attento a non amare prima di incontrarti
e confondevo la mia vita con quella degli altri
non voglio farmi più del male adesso
amore...amore
Vorrei donare il tuo sorriso alla luna perché
di notte chi la guarda possa pensare a te
per ricordarti che il mio amore è importante
che non importa ciò che dice la gente e poi
amore dato, amore preso, amore mai reso
amore grande come il tempo che non si è arreso
amore che mi parla coi tuoi occhi qui di fronte
e sei tu....
...il regalo mio più grande

Sábio Paulinho da Viola



"Tá legal
Tá legal, eu aceito o argumento
Mas não me altere o samba tanto assim

Olha que a rapaziada está sentindo a falta
De um cavaco, de um pandeiro ou de um tamborim
Sem preconceito ou mania de passado
Sem querer ficar do lado de quem não quer navegar
Faça como um velho marinheiro
Que durante o nevoeiro
Leva o barco devagar"
Abre o olho, gente! 

Atual, não é?


Os jornais feitos com os políticos criam nos seus meios restritos um estado de sobreexcitação doentia que cada qual julga partilhado por todos os outros, e daí vem que dum canto da capital, por definição a cabeça do país, o mais reduzido grupo partidário convictamente julga falar em nome da Nação. Mas há interesses mais directos e palpáveis em jogo na actividade política, e o que é pior é que à medida que o poder se corrompe e que o interesse colectivo é sacrificado a interesses individuais, ao mundo político que espera e provoca as mutações governativas, junta-se o outro mundo ávido dos negócios. Na alta finança, nos bancos, no comércio de especulação nos grandes empreiteiros, entre os grandes fornecedores, mesmo no campo da produção propriamente dita, em ramos cuja vida depende em grande parte de actos governativos, existem já numerosos indivíduos a interessar-se activamente pela política dos partidos. A influência corrosiva da sua acção traz mais duma dificuldade grave à governação pública. ” - António de Oliveira Salazar, in 'Inéditos e Dispersos Políticos (1924)'
Máquina diferente, que não exigisse modificações legislativas ou constitucionais e que não fosse muito difícil de criar, minaria a fortaleza da paixão nacional e partidária e focalizaria a atenção sobre medidas benfazejas a todos, em vez de concentrá-la em prejudicar o inimigo. ” - Bertrand Russell, in 'Ensaios Cépticos: A Necessidade do Ceptcismo Político'
A política é uma arma, em todos os pontos revolta pelas vontades contraditórias; ali dominam as más paixões; ali luta-se pela avidez do ganho ou pelo gozo da vaidade; ali há a postergação dos princípios e o desprezo dos sentimentos; ali há a abdicação de tudo o que o homem tem na alma de nobre, de generoso, de grande, de racional e de justo; em volta daquela arena enxameiam os aventureiros inteligentes, os grandes vaidosos, os especuladores ásperos; há a tristeza e a miséria; dentro há a corrupção, o patrono, o privilégio. A refrega é dura; combate-se, atraiçoa-se, brada-se, foge-se, destrói-se, corrompe-se. Todos os desperdícios, todas as violências, todas as indignidades se entrechocam ali com dor e com raiva. ” - Eça de Queiroz, in 'Distrito de Évora (1867)


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

:D

Sua reação naquele momento em que as máscaras caem! 


Bom dia!!



“... diante das adversidades, tanto as provadas quanto as previsíveis, é que se conhecem os amigos”. (Saramago)
Um abraço muito especial para os poucos amigos que construí aqui em Porto Seguro. Em especial, William Cabral, Saulo Carvalho, Jean Pierry e Laura Brizi que, independente dos meus problemas (que não são poucos), estão sempre comigo! 

terça-feira, 21 de agosto de 2012

;)


"Quem não me quer para sempre (como amor ou amigo) não me merece nem um minuto" (Meu anjo Alberto)

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

;)


Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.

Assim como o Oceano, só é belo com o luar
Assim como a Canção, só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem, só acontece se chover
Assim como o poeta, só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor, não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você!


Vinícius de Moraes 

Ausência


Eu deixarei que morra
em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausto.
No entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto e em minha voz a tua voz.
Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado.
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra amaldiçoada
Que ficou sobre a minha carne como nódoa do passado.
Eu deixarei... tu irás e encostarás a tua face em outra face.
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada.
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu, porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só como os veleiros nos pontos silenciosos.
Mas eu te possuirei como ninguém porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas.
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.


(Vinícius de Moraes)

Saramago

“Se antes de cada ato nosso nos puséssemos a prever todas as conseqüências dele, a pensar nelas a sério. Primeiro as imediatas, depois as prováveis, depois as possíveis, depois as imagináveis, não chegaríamos sequer a mover-nos de onde o primeiro pensamento nos tivesse feito parar” - Saramago


sábado, 18 de agosto de 2012

Hoje eu estou só o veneno!

Aquele momento em que você manda à merda aquela pessoa que vinha te enchendo o saco há muito tempo!!! 



quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Simples assim...




Do lado de um imenso muro de pedras voava um pássaro, como sempre sozinho, pensando na sua eterna solidão.

Do outro lado do mesmo muro outro pássaro também voava e lamentava o seu interminável isolamento. 

Mas do alto de uma nuvem, bem acima de qualquer muro, dois anjos observavam a cena. 

Um dos anjos comentou:

- Veja que maravilha! Que sincronismo de vôo! Isto é o verdadeiro amor. 

O outro anjo questionou: 

- Será que eles nunca se encontrarão? 

O primeiro anjo respondeu: 

- É claro que sim. Olhe, lá adiante, o fim do muro. Todo muro tem um fim. 

E completou: 

- Mas se eles se arriscassem a voar mais alto, acima do muro, poderiam se encontrar hoje mesmo. 

(Autor desconhecido)

Um fato!


Pior que acreditar em todas as regras é descobrir que a maioria não tem exceções.

sábado, 11 de agosto de 2012

Trechos da obra Don Juan DeMarco de Jean Blake White

“Como a música, ginástica ou patinação artística, o jogo do amor produz de vez em quanto um prodígio, desabrochando cedo e com intensidade. Sou um prodígio assim. O próprio Zeus pode ter me superado em variedade de espécies experimentadas, mas nunca em ardor...”
“Não sei o que ela está sentindo. Creio que pode estar arrependida, sufocada pelo pesar. Gostaria de pensar que ela sente saudade de mim, e que acha todos os piqueniques secos e insossos, depois do requinte das refeições que partilhamos.”
“Mas o coração é como o céu... uma parte do Paraíso, esquentado pelo sol, penetrado pelas estrelas, e depois de calcinado e perfurado é coberto por nuvens, as tempestades definham em gotas d´água... e os olhos ao final derramam o sangue do coração, convertido em lágrimas.”
“Alguma vez amou uma mulher de forma tão completa que o som de sua voz no ouvido dela podia fazer com que ela estremecesse e explodisse de tanto prazer, a tal intensidade que só o choro podia lhe proporcionar um pleno alívio?”
“ -- Há alguns que não partilham minhas percepções, sem dúvida. Quando digo que todas as minhas mulheres são beldades deslumbrantes, há quem proteste. Não, não, dizem eles, o nariz desta mulher é muito grande, a outra tem quadris largos demais, os seios de uma terceira são muito pequenos...
    Don Juan deu de ombros à mesquinhez de tais objeções.
    -- ... mas vejo essas mulheres como são de fato... gloriosas, radiantes, espetaculares, impecáveis... porque não sou limitado por minha vista.
    O jovem fitou nos olhos o homem mais velho e acrescentou em voz suave, com extrema sinceridade:
    -- As mulheres reagem a mim como o fazem, Don Octavio, porque sentem que procuro a beleza que habita dentro delas, até que prevaleça sobre todo o resto. E depois... as mulheres não podem resistir a seu próprio desejo de liberar essa beleza e me envolver nela. "

Trechos da obra Don Juan DeMarco de Jean Blake White

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

:(

De tanto encontrar pessoas erradas, às vezes erramos quando encontramos a pessoa certa! 

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Mente ao Meu Coração


"Mente ao meu coração
Que cansado de sofrer
Só deseja adormecer
Na palma da tua mão
Conta ao meu coração
Estória das crianças
Para que ele reviva
As velhas esperanças
Mente ao meu coração
Que cansado de sofrer
Só deseja adormecer
Na palma da tua mão
Conta ao meu coração
Estória das crianças
Para que ele reviva
As velhas esperanças
Mente ao meu coração
Mentiras cor-de-rosa
Que as mentiras de amor
Não deixam cicatrizes
E tu és a mentira mais gostosa
De todas as mentiras que tu dizes
Conta ao meu coração
Estória das crianças
Para que ele reviva
As velhas esperanças
Mente ao meu coração
Mentiras cor-de-rosa
Que as mentiras de amor
Não deixam cicatrizes
E tu és a mentira mais gostosa
De todas as mentiras que tu dizes"

Interpretada por Maria Rita

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Frases do meu anjo Alberto...

“Relacionamento tem uma lei física que permite a estabilidade: forças iguais e opostas para manter o equilíbrio”. 


Minha dica


Sou a mulher do ‘sim’. Sempre começo dizendo ‘sim’ a todo mundo: amigos, paqueras, parentes... E quando digo ‘sim’ percebo o sorriso no rosto das pessoas. Felizes, agradadas, satisfeitas com a sua aparente conquista. Gosto de ver até onde o ser humano é capaz de ir e as suas reações com a complacência. E assisto até o ultimo capítulo. Mas, quando chego ao meu limite, quando me canso, começo a dizer ‘não’. Para tudo e todos. E as pessoas que tanto me “admiravam”, “amavam”, “exaltavam”, “desejavam” e tudo mais, de repente, perdem a vontade. O ser humano não tem limite. Quando mais você dá, mas ele quer tirar de você. E se você não estabelecer o limite, no final, quem fica no papel de algoz é você. Para a sua própria felicidade, imponha limites às pessoas. Não extrapole os seus próprios limites para agradar a ninguém porque, quem te pede isso, não te ama, não te quer bem, não te admira nem te deseja. É apenas um explorador. 


;)


Mai scherzare con una donna ferita!

domingo, 5 de agosto de 2012

Há 5 anos recebi esse presente: sua amizade! Te adoro, Lu!

Eu e Luciana Teixeira, um mês depois que cheguei a Porto Seguro (agosto de 2010). Minha primeira vez em Trancoso. Fotografadas pelo meu querido Carlitos. êeeeeeeee tempo que não volta mais!!! 

Pronto, falei!


Então você o conhece em uma festa. Se interessam um pelo outro, começam a se falar por telefone. Sair pra almoçar, jantar, ir a outras festas. E depois se vêm cada vez com mais freqüência até que decidem namorar. E quando começam a namorar, você não quer mais ir aos lugares que freqüentavam antes, não quer mais ir as festas e também não quer que ele vá. Não quer mais fazer os programas com os quais se divertiam quando se conheceram. Não gosta mais dos amigos dele, que são os mesmos que você gostava e saía antes de começarem a namorar. Também não quer mais contato com as suas amigas, já que elas estão solteiras e você não. Depois de um tempo, percebe que ele sai sozinho, que não te convida mais pra os lugares, você começa a recorrer às pessoas das quais se afastou e não se sente mais entrosada. E algumas delas não te aceitam de volta propositalmente. Você fica infeliz com isso e com a relação que fica cada vez mais distante. E em momento nenhum se pergunta onde está o seu erro. Culpa-o por não se afastar dos amigos, por manter os mesmos programas de antes e por levar uma vida normal na qual você não se sente encaixada. Isso gera outros e outros problemas. Você se cansa, ele também e a relação acaba. Aí você que está lendo pensa: ‘’Putz! Mas é uma história tão clichê!’’ E eu te digo: É verdade! E complemento: Mas porque a maioria das mulheres que conheço e que ouço falar continuam incorrendo no mesmo erro?

sábado, 4 de agosto de 2012

Mais perto de outro grande sonho


Me preparando para tirar a carteira de habilitação e já retomando um sonho de infância: viajar o mundo com minha moto. Essa semana falava com um amigo sobre o litoral do Brasil, depois África. Mas, depois que a carteira chegar, ainda tenho que esperar dois anos para poder pegar a estrada. De qualquer forma, é bom para ir me organizando. Se já esperei 26 anos por isso, porque não posso esperar mais dois? 


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Aniversário de Max! Dois anos de companhia!


Esse sim é fiel!!! kkkkkkkkkk

Dica de hoje:

Fica bem mais fácil viver quando nos damos conta do tigre que somos. Tigres reais. Depois disso, poucas pessoas nos decepcionam e ficamos mais felizes quando encontramos alguém que nos surpreenda positivamente.