domingo, 2 de setembro de 2012

Shakespeare

“Vos me vê-di onde estou e como sou. Ainda que somente por mim eu não seria ambiciosa nem teria o desejo de querer ser melhor. Mas por vós, desejaria ter vinte vezes o meu valor, ser mil vezes mais bela, dez mil vezes ser mais rica para vos ser considerada pude-se eu em virtude, beleza, meios, e amigos me superar. Mas tudo que sou ainda é algo que apenas se resume a um amor sem culpa, sem estudos, sem experiência. Sua felicidade é ainda não ser velha e poder aprender. E felicidade maior é não ter embrutecido e conseguir aprender. E a maior felicidade é que seu gentil espírito se entrega a vós para ser guiado como o seu governador, seu senhor, seu rei. Esta casa, estes servos e esta que sou e que vedes são vossos, meu senhor...” – Trecho do filme O Mercador de Veneza, filme baseado na obra homônima de William Shakespeare.


Nenhum comentário:

Postar um comentário