quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Sobre o ciúme



Quando tinha 11 anos, Anita foi reclamar com a mãe. “Não consigo ter amigas. Como sou muito ciumenta, elas se afastam”.
A mãe estava cuidando de pintinhos recém-nascidos, e Anita pegou um deles, que logo tentou fugir. Quanto mais a menina apertava-o na mão, mais o pintinho se debatia.
A mãe comentou: “experimente pegá-lo com suavidade”.
Anita obedeceu. Abriu as mãos, e o pintinho parou de se debater. Começou a afagá-lo, e ele aninhou-se entre seus dedos.
“Os seres humanos também são assim”, disse a mãe. “Se você quer prendê-los de qualquer jeito, eles escapam. Mas se for doce com eles, irão permanecer sempre ao seu lado”.
Paulo Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário