terça-feira, 28 de junho de 2016

Decisões



As decisões mais importantes são as mais difíceis. E não se julgue: é  normal. Claro que é. Somos humanos. Os animais tem necessidades básicas : comer, acasalar, dormir... Nós, humanos, na maioria das vezes precisamos tomar decisões muito mais profundas. E isso requer energia, espiritualidade, tempo, preparo... Não importa o tempo que leve para decidir. Respeite o seu tempo. Na hora certa você vai saber o que fazer. Não se julgue ou fuja. Uma hora você terá que enfrentar.

domingo, 26 de junho de 2016

Observando as pessoas

Enquanto meus projetos estão em período gestacional, tenho feito grandes avanços em meus estudos sobre Kássia Luana. Sim. Nada melhor do que conhecer a si mesmo. Só à partir daí você começa a melhorar como ser humano, como profissional, como amiga... Neste percurso, uma das minhas melhores amigas teve um pequeno acidente e pediu que, enquanto estava impossibilitada de trabalhar, eu ficasse algumas horas por dia no seu negócio. Topei na hora. Amizade é muito importante pra mim.
Uma das primeiras coisas que observei foi a reação das pessoas ao me ver atrás do balcão. Algumas fingem que não me conhecem, outras perguntam claramente “você aqui?”, como se fosse um problema estar atrás do balcão, outras já entram me falando da crise, como que para justificar... É bem engraçado.
Outro fato interessante é que sempre recebo as pessoas com Boa tarde, Boa noite... e um sorriso. Algumas simplesmente ignoram, outras se espantam com sorriso e gentileza. Estão desacostumadas. Geralmente quem nunca entrou lá, já que quem conhece o perfil da loja e sabe que o ar é de alegria e que todos são muito bem tratados. (Este é um dos motivos pelo qual sou cliente de lá)
Mas, o fato mais interessante de todos ocorreu hoje. Três turistas entraram na loja: duas irmãs e a filha adolescente de uma delas. Procuravam uma camisa para presentear um garoto, filho de uma amiga delas. Dentre as inúmeras opções, tinha uma com a estampa de um macaco. Um delas disse: “Leva essa mesmo. Ele vai até se identificar, ne? Pretinho e gordinho”. A filha dela a olhou com um ar tão recriminador que ela ficou vermelha. A irmã, olhou pra mim como que esperando uma reação. Barraco está na moda. O olhar dela pra mim foi de um “ops, esqueci que você é negra também”.
Como ela se sentiu... Certeza kkkkk

Eu não mudei meu tom. Continuei o atendimento como se nada tivesse acontecido. Educada e não precisei falar nada. Fala a verdade: com o olhar da própria filha precisa de mais alguma coisa? Ela apressou a compra e foi embora, sendo visivelmente recriminada pela própria filha e irmã. Nesses momentos me lembro porque sempre preferi trabalhos que não tivessem tanto contato humano. E tenho admirado cada vez mais as plantas e os animais... todos.


Observação: Nunca esse meme fez tanto sentido... kkkkkkkkkkkkkk