sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Kassia


Alguns me mandaram mensagens, no público e no reservado, perguntando quem era a responsável pela página e blog.
Resolvi postar uma foto. Pensei muito antes de fazer, mas, no final, achei que seria benéfico.
Meu nome é Kassia Luana e tenho 30 anos.
 Quem eu sou? Uma mulher se descobrindo. Que acerta e erra. Mas que está de coração aberto. Disposta a dar e receber energia boa para o mundo. Deixei uma vida "segura" para traçar meu próprio caminho. E isso me fez tão bem que resolvi dividir isso com vocês.

Uma noite de paz e muito amor e todos vocês.

Namaste

Foto Huana Joia
Make e cabelo William Cabral

Para pensar


Meninas,

Muitas coisas o dinheiro pode comprar: carros, botox, bichectomia, lipoaspiração, roupas de marca... Mas, se sentir realizada, equilibrada física e mentalmente e plena, não tem nenhum dinheiro que compre. São coisas que vem de dentro para fora e não o contrário. Por favor, não associem felicidade a dinheiro. Isso pode te machucar... e muito.
Pensem nisso.

Bom final de semana!

domingo, 21 de agosto de 2016

Plante o bem



Com o passar do tempo você percebe que o bom da vida está nas pequenas coisas. E a cada dia tenho mais certeza disso. Este final de semana, particularmente, foi muito especial. Ontem, trabalhei bastante em um novo projeto e, em seguida, me reuni com uma família de amigos, ouvindo música boa, dançando, assando uma carne... Uma coisa tão simples e tão relaxante. É muito bom se sentir amada e dar amor.
Hoje, trabalhei mais um pouco pela manhã, depois recebi algumas mensagens de amigos muito queridos e pessoas que conheço me dando força, incentivando. Agora a pouco, recebi uma ligação de uma pessoa muito querida, com quem não conversava há muito tempo. Um profissional excelente, que me deu mais de uma luz para alavancar ainda mais os novos projetos. Uma prova de que para ser amigo não precisa se falar todos os dias, mas você sabe que ele estará sempre lá.
Essas, aparentemente, pequenas coisas, são atraídas por você. Se você é honesto, planta o bem, se afasta das pessoas e energias negativas, planta dentro de si coisas positivas, amor, segue em paz (não estou falando de passividade, mas de paz interior), automaticamente você atrai coisas e pessoas muito, muito boas.
Plante o bem, faça bem, seja o bem. E eu garanto que você será muito, muito feliz.
Viva o hoje!

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Sobre a Isa...


Esta é a Isa. Desde que os irmãos dogs chegaram, ela quer mais atenção. Até parou de fugir... kkkkkkk
Parece com os seres humanos. Quando pensam que podem perder o espaço, começam a dar mais atenção a quem antes negligenciava...
Calma, rapazes e moças (e gatinhas): no coração de quem nos ama tem sempre SEMPRE espaço para todos.

Boa noite!

eudigoedai.blogspot.com

domingo, 14 de agosto de 2016

Seus pensamentos te dominam




Uma coisa que aprendi recentemente foi a intensidade da força do pensamento. Se você se aborrece com uma pessoa, respire, resolva e coloque um ponto final. Se o assunto está resolvido, qual a razão de ficar pensando e falando sobre isso? A raiva aumenta e as causas disso são cientificamente comprovadas: doenças físicas e mentais. Câncer, depressão, ataques cardíacos e tantas outras que não gosto nem de mencionar. Tenho casos na família de pessoas que amo, e que guardaram tanta mágoa, tanta tristeza, que o coração ou a mente não aguentaram. E de que valeu tudo isso?
Agora, se o pensamento negativo tem todo esse poder, imagine o pensamento positivo? Ao acordar, abra os olhos, respire lentamente... Pense no quanto você é abençoado pelo dom da vida, no quanto o seu dia vai ser bom e produtivo, em quantas pessoas boas estão à sua volta, o tempo todo, emanando energia positiva e, que ao mesmo tempo que você às recebe, você envia de volta com maior força.

Crie a sua volta uma espécie de bolha protetora. Sim. E você está ali dentro o tempo todo. As únicas coisas que podem passar por esta “bolha”, são paz, amor e energia positiva. O que for de negativo passará direto, sem te atingir. Quem te desejar mal, quem mandar energia negativa vai receber de você, mentalmente, um desejo de paz, imenso. Pratique isso esta semana, todos os dias. Depois, comente conosco os resultados.
Eu, particularmente, estou exercitando há algum tempo. E quanto mais você emana boas coisas, mais você recebe boas coisas. Passei por uma fase de levar tudo “a ferro e fogo”. Pensava apenas no trabalho, nas intrigas... Não tinha vida pessoal. O resultado foi uma crise de estresse tão séria, que meus cabelos começaram a cair, manchas roxas apareceram no meu corpo e as variações de pressão eram constantes. Sim, antes dos 30 eu ia ter um infarto ou coisa pior.
Decidi mudar de vida. Deixei o trabalho, cuidei da minha saúde, intensifiquei a terapia, a ioga e, principalmente, leituras para autoconhecimento. E hoje, vivo nesta bolha. Quando me dei conta, estava cercada de gente boa, da paz (literalmente), mãos bondosas que estão sempre dispostas a me apoiar e faço o mesmo, por quem precisar. Esta é uma das razões pelas quais voltei a escrever no blog.
Não quero que você perca sua vida, que adoeça, que morra, sem aproveitar das tantas coisas lindas que a vida tem para oferecer. Das tantas pessoas boas que você conhece, mas não reconhece, ou que ainda vai conhecer. Não deixe a vida passar na sua frente sem aproveitá-la. Viva o agora. Esqueça as mágoas. Afaste-se de quem não te faz bem. E viva. Viva!
Faça este teste por uma semana. E por duas, três... até virar uma coisa natural. A sua vida vai mudar completamente. Eu sou a prova viva disso.

Tenham uma ótima semana! 

sábado, 13 de agosto de 2016

A culpa das decepções de sua vida é sua


As pessoas só te decepcionam se você permitir. Eu sei: é bem difícil admitir isso, mas é a verdade. Um exemplo disso? Quando começamos um relacionamento. Colocamos inúmeras expectativas no parceiro: que ele é a pessoa certa, que ele é diferente dos outros, que vai suprir suas necessidades emocionais do passado do qual o coitado nem participou (risos), fazemos planos de futuro já incluindo o recém chegado...
E o outro faz a mesma coisa. Ou entra no jogo e começa a fingir que os seus sonhos são os dele também. Pra agradar, manter a relação, medo de decepcionar... Mas uma hora isso acaba. E suas expectativas são frustradas. E você se decepciona, põe a culpa no outro e, pouco tempo depois, está em outro relacionamento com as mesmas expectativas...
Recentemente, uma amiga me disse: “Você tem que caminhar junto com quem tem os mesmos objetivos que você”. Concordo plenamente. Lembro-me que com 21 anos tive um relacionamento com uma pessoa mais velha que eu. Eu queria realizar o sonho de casar na igreja, ter filhos, morar num lugar calmo... Ele já tinha vivido tudo isso, várias vezes, e queria apenas curtir a vida e ter de mim a energia da juventude.
Menos de um mês de namoro, fomos morar juntos. E, claro, não deu certo. Um culpava o outro o tempo todo e no fim, nem amizade restou. Decepção para os dois. Mas, e se tivéssemos esclarecido tudo antes e não tivéssemos corrido para a “segurança”? Talvez curtiríamos um pouco e depois cada um iria para seu lado, sem mágoas.
Também cometemos este tipo de erro com o trabalho. Na entrevista de emprego dizemos o que achamos que o entrevistador quer ouvir. Mesmo que não seja verdade. Quando somos contratados, a empresa espera uma coisa de você, você espera muitas coisas dela. E no final? Você culpa o contratante, o contratante te culpa... Decepção para os dois lados.
E se você dissesse a verdade? Que tem objetivos concretos, que tem pretensão salarial, que espera algumas coisas da empresa... Hoje, em sua maioria, as empresas não são como antes. Não esperam funcionários que se contentem com um cargo e salário para o resto da vida. As empresas esperam funcionários dinâmicos, dedicado, dispostos e que cresçam junto com a empresa. Não precisa mentir.
E com amigos? Amigos precisam de espaço, assim como você. Amigos tem problemas, assim como você. Amigos tem vida própria, assim como você. Amizade requer confiança, tempo. Conhecer uma pessoa superficialmente e lavá-la para sua vida. Esperar que ela supra suas necessidades e que se adapte ao seu modo de vida é insano. Mas, preste a atenção em quantas vezes nós fazemos isso. E quando as necessidades não são supridas... decepção. E de quem é a culpa?

Há anos travei esta batalha comigo mesmo e o Universo está me possibilitando ver as coisas de uma forma mais leve. Cobrar menos das pessoas e de mim. Esperar menos, pensar mais em mim e nos meus desejos, ser sincera com as pessoas e, automaticamente, comigo mesma. Assim, evito me decepcionar e decepcionar as pessoas à minha volta. Quando você toma consciência de que o mestre da sua vida, o responsável pela sua tristeza ou felicidade é você, retoma o controle e começa ou volta a ser feliz.
E é isso que eu te desejo. O fim das decepções e o começo de uma vida feliz e próspera!